quarta-feira, 19 de maio de 2010

Avenidas de Mogi Guaçu ligam o nada ao lugar nenhum II

Dando continuidade a serie proposta sobre a mobilidade urbana em nosso município, hoje trazemos uma situação que ocorre não muito distante da que foi mostrada no primeiro artigo da série, em relação à Avenida Honório Orlando Martini. Clique aqui para ver este artigo.

O local em questão é a Avenida Vereador Victor Bueno, ou mais conhecida como Avenida das Torres, pelo fato das linhas de transmissão de energia seguirem paralelamente pela via, na zona leste da cidade, isso só faz contribuir para interpretação de que realmente, esta é a área mais abandonada do município.


A via deveria ligar a Avenida Emília Marchi Martini, ao bairro Nova Canaã II, passando pelo Zaniboni II, Jd Novo II, Fantinato, Vitoria. Mas o que se vê na realidade é uma via subutilizada, pois ao chegar no Jd Novo II, a via simplesmente "morre", pelo fato de existir no local um lago, chamado de Tanque do Chula, que é um lago artificial.

Fazendo com que a Avenida Suécia, única ligação da Zona Nordeste, região do Sta. Terezinha, com a avenida Emília Marchi Martini fique sobrecarregada, pois a via é muito utilizada por caminhões que chegam da Rodovia SP 342 para descarregarem e abastecerem a Corn Products Brazil.


O fato de existir um lago no caminho da avenida deveria ser um problema, mas como entendemos que uma obra viária deve acontecer precedida de planejamento sério, feito por profissionais da área, esse fato não poderia ser um obstáculo tão grande, que depois de tantos anos ainda não foi superado.


Essa seria mais uma via essencial para os moradores daquela região poderem ter acesso a outras avenidas mais importantes que levam ao centro, trazendo uma melhor mobilidade, consequentemente melhor qualidade de vida e aumento da auto-estima dos moradores dessa, que é a área mais carente de investimentos público da cidade.


Gostou desse artigo, compartilhe com seus amigos utilizando os botões abaixo.

Conhece alguma outra situação como essa, entre em contato, deixe seu comentário logo abaixo e publicaremos.

Nenhum comentário: